Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008
Rede urbana para a competitividade e inovação

Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães: rede urbana para a competitividade e inovação.

 

Logotipo do quadrilátero ilustra sinergias regionais

O projecto “Quadrilátero” já tem uma imagem identificadora da união dos municípios de Barcelos, Braga, Famalicão e Guimarães no âmbito da implementação das Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação.

A criação deste logo resulta da união dos quatro pólos de desenvolvimento, que juntaram esforços para desenvolver uma rede de sinergias capaz de reforçar a posição de terceira concentração urbana e de conhecimento do país.

A utilização do "q" de quadrilátero, representando cada um dos pólos, e a relação que se estabelece entre os quatro concelhos, converge numa imagem dinâmica e moderna, com quatro cores primárias, que representam os fluxos, influências e a rede de sinergias criada.

Cada um dos pólos surge, assim, interligado com todos os outros, resultando numa imagem passível de ser desdobrada mediante o contexto em que for aplicada: turismo, ciência, cultura, etc.

A rede urbana Quadrilátero está, neste momento, a ultimar o Programa Estratégico de Cooperação, para execução em quatro anos, a candidatar, no início de Outubro, aos Programas Operacionais Regionais, no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN 2007-2013).

Para o efeito foram em tempo constituídos cinco grupos de trabalho temáticos: “Quadrilátero Digital”, “Regeneração Urbana e Dinâmicas Culturais”, “Mobilidade Intra e Inter-Municipal”, “Cooperação e Qualificação Empresariais” e “Potencial Humano”.

O projecto “Um Quadrilátero Urbano para a Competitividade, a Inovação e a Internacionalização”, corporizado por estes quatro municípios do distrito de Braga, foi um dos cinco seleccionados a nível nacional para implementar as “acções preparatórias” do programa “Política de Cidades Polis XXI”, co-financiado pela Direcção-Geral do Ordenamento do Território e Desenvolvimento Urbano.

A par dos municípios, o projecto tem como entidades-aderentes a Universidade do Minho, a Associação Industrial do Minho e o Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal.

O programa “Política de Cidades Polis XXI” prevê, no âmbito dos Programas Operacionais Regionais, «a promoção e formulação de estratégias de cooperação e a constituição de redes com massa crítica suficiente para atrair e desenvolver novas funções urbanas e actividades inovadoras, assim estimulando a cooperação urbana em rede».

O carácter inovador associado a estes objectivos justificou o lançamento das cinco acções-piloto no contexto nacional, que se pretendem sejam demonstrativas de modelos de cooperação entre cidades e possam dar origem a planos estratégicos para acesso aos financiamentos dos planos operacionais definidos para o período 2007/2013.

Estas “acções preparatórias” visam contribuir, antes de mais, para a construção de uma visão estratégica do desenvolvimento das cidades participantes que valorize os factores comuns de reforço da competitividade e de afirmação nacional e internacional.

tags:
Publicado bragadistrito às 08:00
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Mais sobre este Blog
Pesquisar neste Blog
 
Newsletter

Escreva o seu e-mail:

Distribuido por FeedBurner

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Posts Recentes

Troilo e Créssida no Thea...

Eunice para Crianças

Client na Casa das Artes

Festival Panos

A Naifa no CCVF

...

Exposição 'Bienal na Esco...

...

Carlos Macedo na Casa das...

Semana da Educação na Póv...

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

tags

todas as tags

Contador
blogs SAPO
subscrever feeds