Segunda-feira, 2 de Junho de 2008
Festivais Gil Vicente no Centro Cultural Vila Flor

De 02 a 14 de Junho, Guimarães volta a ser palco dos Festivais Gil Vicente. Teatro contemporâneo para ver e experimentar no Centro Cultural Vila Flor.

 

 

 

 

Entre 02 e 14 de Junho o Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, volta a ser palco de mais uma edição dos Festivais Gil Vicente. Com uma abordagem assumidamente contemporânea, a programação privilegia a produção realizada em território nacional ainda que, ao olharmos para os elencos, colaboradores e dramaturgos, descobrimos outras nacionalidades, outras referências e outras culturas que não representam mais do que processos enriquecedores, para quem cria e quem recebe a criação.

Esta edição será ainda marcada por uma programação complementar que terá lugar no Café Concerto, e por oficinas para público adulto e especializado e para crianças. A preocupação de criar uma oferta com diferentes abordagens e para todos pretende ir ao encontro do objectivo maior que é criar um festival de referência no contexto português. Durante 13 dias será possível, em Guimarães, ver teatro, falar sobre teatro, experimentar e, sobretudo, descobrir esta arte.

A programação abre com a componente formativa. Entre 02 e 04 de Junho, das 14h30 às 17h30, Juan Mayorga (dia 02) e Jorge Silva Melo (dias 03 e 04) vão ministrar os Seminários de Dramaturgia. Com a escrita contemporânea em Espanha como tema, estes seminários são dirigidos a estudantes e profissionais de teatro, cinema e jornalismo.

Nos dias 06, 07, 13 e 14 de Junho, às 15h00, serão ainda organizadas Oficinas de Teatro dirigidas ao público infantil entre os 6 e os 12 anos de idade. Organizados em pequenos grupos, os participantes escolherão três elementos chave do teatro: um cenário, algumas personagens e um objecto, que pela sua utilização invulgar seja capaz de despoletar ou desenredar acções. Assim, fazendo e refazendo combinações e sentidos, as crianças irão construir uma pequena cena teatral. As inscrições deverão ser efectuadas com uma semana de antecedência pelo telefone 253 424 700 ou por e-mail para servicoeducativo@aoficina.pt

Os espectáculos dos Festivais Gil Vicente começam a 05 de Junho, às 22h00, com a ante-estreia absoluta da última produção dos Artistas Unidos Últimas Palavras do Gorila Albino. Numa comédia sobre a morte, Juan Mayorga ressuscita Floquet de Neu, o gorila albino que foi, durante anos, o símbolo do Zoo de Barcelona. No mesmo dia, é inaugurado o Café-Teatro com a peça Entertainers – O Lado B, assinada pelo Teatro da Palmilha Dentada.
No dia 06, às 22h00 e às 24h00, Madalena Victorino traz aos jardins do Centro Cultural Vila Flor as suas Lembranças, um espectáculo em miniatura onde o público é convidado a sentar-se e escutar as belas histórias que os actores lhes têm para contar. Às 23h30, o Café Concerto é palco para as Pequenas Cerimónias de João Calixto e Tiago Viegas.
Shopping & Fucking, da companhia Primeiros Sintomas, é a proposta para sábado, dia 07. Do dramaturgo inglês Mark Ravenhill, Shopping & Fucking é uma peça que reflecte sobre a sociedade de consumo, a globalização, a violência e o corpo.

O Teatro Praga tem também presença assegurada nos Festivais Gil Vicente na quinta-feira, dia 12. Num misto de tragédia e comédia, O Avarento ou A Última Festa traz a palco várias personagens na iminência de implodir com tanta raiva acumulada entre dentes. No dia 13, o Teatro da Garagem apresenta Teatro-Clip. Tendo o amor como tema, o conceito formal que atravessa as diferentes histórias da peça é, como se deduz do título, o clip, ou melhor, o vídeo-clip. Às 23h30, regressa a programação do Café-Teatro com o espectáculo Segundo Segundo, da companhia Mau Artista. 
No último dia, dia 14, dos Festivais Gil Vicente, às 20h00, o público é convidado a jantar. Banquete, de Patrícia Portela, é um projecto transdisciplinar que engloba, em simultâneo, um jantar, um espectáculo subtil, um ambiente inesperado, um concerto estranho e, sobretudo, um debate silencioso e penetrante sobre clonagem, imortalidade e memória. Às 23h30, as propostas de Café-Teatro terminam com Cláudia Gaiolas que apresenta o espectáculo A Partir de Amanhã.

www.ccvf.pt

 

 

Publicado bragadistrito às 20:44
Link do Post | Comentar | Adicionar aos Favoritos
Mais sobre este Blog
Pesquisar neste Blog
 
Newsletter

Escreva o seu e-mail:

Distribuido por FeedBurner

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Posts Recentes

Troilo e Créssida no Thea...

Eunice para Crianças

Client na Casa das Artes

Festival Panos

A Naifa no CCVF

...

Exposição 'Bienal na Esco...

...

Carlos Macedo na Casa das...

Semana da Educação na Póv...

Arquivos

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

tags

todas as tags

Contador
blogs SAPO
subscrever feeds